quarta-feira, 10 de outubro de 2012

sábado, 14 de abril de 2012

"O gato bebe leite, o rato come queijo e eu sou palhaço."

O Palhaço

Comentário - Selton Mello queria fazer um filme de arte e que atraisse o público ao mesmo tempo, e acertou em cheio. "O Palhaço" é um filme que nos emociona, nos faz rir e refletir. A fotografia é linda, as atuações de Selton e Paulo José são magistrais e as participações especiais são divertidíssimas com destaque para Moacyr Franco, Jorge Loredo e Tonico Pereira. Em alguns momentos cheguei a lembrar de Chaplin e Fellini, de Chaplin quando Selton Mello brinca com o chapéu para fazer rir a garota no caminhão e de Fellini com a tristeza do palhaço Benjamin e a sua maquiagem negra sob os olhos, como Giulietta Masina em "Noites de Cabíria". Além de mostrar o mundo do circo mambembe, mostra a relação entre pai e filho e nos mostra que às vezes para descobrir nosso lugar no mundo, precisamos estar longe desse lugar.

Marcel Marceau: Bip

Bip, alter ego de Marcel Marceau nasceu em 1947, tendo sido inspirado em, Carles Chaplin, Harry Langdon,  Irmãos Marx e nos clown da Commedia Dell'arte. Usava um casaquinho, tadinho, listrado e surrado. Seu chapéu de ópera chinesa com uma flor linda espetada nele, significava a fragilidade da vida... Vida esta que interagia o tempo todo e de várias formas com Bip, que conversava (em silêncio) com tudo o que lhe desse lado.  Hoje Bip já não conversa com a vida em si, conversa com as nuvens e com o céu, mas de vez enquando vez nos visitar através das memórias que ele deixou com a vida!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Era uma vez...

...Uma pessoa considerada absolutamente "azarada" por não conseguir fazer nada direito e  por ser uma figura estranha na sociedade. Um dia, esta pessoa descobriu o potencial do "azar", e da capacidade que ele tem de se transformar em alegria; Neste momento se intitulou a pessoa mais sortuda do mundo e foi feliz! O restante continuou  com suas considerações de estranheza, mas afinal, quem se importa?

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Augusto no Metrô

Atrasado e com chuva, boa combinação não acham ?  norte até sul , extremo total e relógio querendo trabalhar em dobro sim eu tenho presa e não tenho capa de super homem. Entro no metrô sinto uma paz seca e um barulho ritmado dentro dos meus sapatos. talvez seja água aflita, tiro tudo da bolsa obviou que não comprei o bilhete antes, ok! fila de 6 pessoas, duas gotas dos meus cabelos molhados caem na testa, entrego o dinheiro para moça e ela  me fornece o bilhete e o troco em moedas, passo a catraca dou alguns passos e paro, respiro , observo e vejo um piano sim tem alguém tocando , mas não é um algo qualquer é Beatles!, dei mais alguns passos fiz as pazes com o relógio , com a chuva e com a vida ali fiquei quase uma hora vendo pessoas como se estivessem dentro de um vídeo clipe e aquele senhor de manchas na mãos me dizendo através daquela bela canção para eu flutuar diante da tarde chuvosa.

Alexandre Marchesini

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Mon em : Vias Urinárias


Vias Urinárias


Chego no laborátorio quase na hora do exame,a recepcionista, que por sua vez um tanto quanto simpática me diz:
-Boa tarde senhor a carterinha e um documento com foto por favor.
Entrego tudo conforme a solicitação, ao finalizar me diz:
-Ja tomou os 8 copos de água? a bexiga tem que estar cheia
Respondo Claro e a moça de uniforme azul me diz para eu virar a direita e aguardar na 1ª sala, corro e vou direto para o bebedouro.Tomo 6 copos de água numa única golada
-Alexandre M
Entro na sala composta por computadores, uma maca, duas cadeiras e um doutor de 1,60
-Exame de rotina ou encaminhamento?
-Estou comum cálculo renal do lado esquerdo
Tiro a camisa e o médico coloca um gel na minha barriga
-Vamos procurar sua menina.Diz o dr com um sorriso
-menina ? penso eu
-Respira fundo mais uma vez[pausa longa]Olha só achei mais uma vc tem duas meninas aí dentro, uma ja esta querendo sair,tem que ver se vai ser normal ou uma cesaria [risos] quer escolher os nomes?
Eu muito assutado digo: pode ser pedrita e ardósia.

( em breve este conto relato será publicado no novo livro de Maitê Proença - )
Alexandre Marchesini 

terça-feira, 10 de abril de 2012

quinta-feira, 29 de março de 2012

Da série: Andanças de augustos, parte 1.

Hipólito (clown de Kauê Furlan) é marcado pelas constantes augustices e também pela inocência e distração absoluta...
Num belo dia de domingo, Hipólito, super atrasado vive uma cena de filme: Com uma mala pesada de tranqueiras, sua bermuda larga caindo, sua bengala e um chapéu rebelde, Hipólito, anda (corre) por uma uma rua vazia; Seu chapéu ( que vou apelidar de rebelde) resolve passear, voando pela rua num vento forte. Desesperado, Hipólito volta a rua inteira correndo atrás dele, segurando sua bermuda com uma mão e sua mala pesada com a outra até alcançá-lo  e para sua surpresa se descobre com as duas mãos ocupadas; (Kauê tinha esquecido de tirar o nariz, por isso seu pouco raciocínio deu lugar às cômicas augustices de Hipólito) Finalmente conseguiu resgatar o rebelde!
 Logo após o acontecido, continua andando pela extensa rua vazia até encontrar duas senhoras divertidas -roqueiras, ex prostitutas, cafetinas, integrantes de uma banda de rock da terceira idade - e em uma ótima conversa, perde cada vez mais seu tempo. Enfim, se despediu das duas senhoras divertidas e seguiu caminho, até encontrar um "quase" bêbado, que dava uma festa para sua neta e insistiu que ele entrasse em sua residência apenas para dar um "oi" para as crianças, depois de muito tentar ir embora, Hipólito foi com uns trocados no bolso, já super atrasado para seu chato compromisso importante.
O mais engraçado de tudo, é que esse acontecido, aconteceu!

quarta-feira, 21 de março de 2012

SER CLOWN

Ser clown é fechar os olhos e olhar para si mesmo; Buscar e conhecer sua essência, resgatá-la do seu mais profundo cárcere e lançá-la para fora

quinta-feira, 8 de março de 2012

Cronotopia ==-

 Cronotopos e a Chuva ...foram dois experimentos apresentados na Mostra de Artes Cênicas do Senac Santana, com base nos Textos do artista plástico e escritor Nuno Ramos e também nos contos da escritora Verônica Stigger. O projeto retoma as pesquisas em 2012

terça-feira, 6 de março de 2012

 EXISTE A NECESSIDADE ABSOLUTA DE SE SENTIR DESEJADO
E NESTE CÍCULO DO DESEJO É MUITO RARO
QUE DOIS DESEJOS SE ENCONTREM E SE CORRESPONDAM
O QUE É UMA DAS GRANDES TRAGÉDIAS DO SER HUMANO."


Almodôvar

Mon

"ANTES O SOFRIMENTO LEGÍTIMO DO QUE O PRAZER FORÇADO "

sRºA Lispector

- terça viva

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Aproximou-se do trágico , apresentou-se e juntos compraram alguns cigarros ... sumiram na noite ..

Binóculo / Monóculo


Binóculos são negativos de fotos afixados dentro de um objeto de plástico com
lente de aumento.

Este negativo pode ser revelado em papel impresso tornando-se uma foto convencional tamanho 10x15cm.

Agora é bem cedo , junto com o cedo vem o lamento.Eu sentado na frente do portão azul tento refazer meus pensamentos, minhas angústias.Estou no fim desse ciclo  maluco, desse labirinto constante , quero um achado , um balanço, um arranco ou algo que possa mover meu corpo e balançar minhas ideias.
Alexandre Marchesini

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Les Amis de volta!!!!

Depois de um ano de viagens, o blog esta de volta e aos poucos será atualizado, com muitas novidades, gente nova e novas pesquisas .....